Invest Blog

Invest Focus

Acompanhe os destaques e principais tendências do dia que influenciam as bolsas em todo o mundo

< VOLTAR


Mercados Financeiros
Maldição de Outubro voltou mas analistas acreditam numa correcção saudável
11-10-2018
Fonte: LPL Financial Research
october

A maldição de Outubro atacou novamente... Historicamente este mês é conhecido como um dos meses mais voláteis no mercado accionista. 

Ontem, o índice Dow Jones caiu 831,83 pontos, a sua terceira maior queda nos 122 anos de história. O índice S&P 500 perdeu 94,66 pontos, a sua quarta maior desvalorização numa única sessão de todos os tempos. Finalmente, o Nasdaq Composite caiu 315,97 pontos, o que corresponde ao terceiro maior declínio de pontos na sua história. 

A maioria dos analistas acredita que foi uma correcção saudável e que não é o princípio do fim do "bull market" que impera nas bolsas há vários anos.

É importante salientar o seguinte:

1) Correcções são saudáveis e fazem parte do ciclo de investimento

Desde 1950, o índice S&P 500 caiu pelo menos 10% em 36 ocasiões diferentes o que equivale a aproximadamente uma vez em cada dois anos.

2) Correcções do mercado accionista são historicamente violentas mas de curta duração

As correcções do mercado accionista são comuns, e tendem a mover-se com maior rapidez, para o lado descendente. Desde 1982, apenas duas correcções levaram mais de 10 meses para encontrar um fundo. Assim, enquanto as setas vermelhas podem ser temporariamente desagradáveis, elas não permanecem por muito tempo, com base em dados históricos. 

3) As quedas de ontem não foram assim tão expressivas em termos percentuais

Possivelmente, um dos ajustes mais difíceis para os investidores ao longo do tempo é a contabilização da valorização de longo prazo do mercado de acções em relação a uma correcção de curto prazo. Desde o final da Grande Recessão em 2009, todos os três índices pelo menos quadruplicaram. Estes declínios de pontos de sessão única representam quedas percentuais de 3,15% para o Dow, 3,29% para o S&P 500 e 4,08% para o Nasdaq. Comparativamente, esses índices teriam que cair 6,91%, 6,97% e 6,15% apenas para quebrar as suas 20 maiores perdas percentuais diárias de todos os tempos.

ACESSO INVEST ONLINE

DOCUMENTO PARA VALIDAÇÃO

POSIÇÕES DO NÚMERO DO DOCUMENTO

 
 
Este site utiliza cookies para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. SABER MAIS Concordo