Invest Blog

Invest Focus

Acompanhe os destaques e principais tendências do dia que influenciam as bolsas em todo o mundo

Europa
"Hawkish" Fed limita ganhos das bolsas
09-11-2018
Fonte: Banco Invest
EUR0911

Estes são os principais destaques:

• Wirecard (WDI GY): A empresa alemã de consumer finance recebeu um upgrade para “overweight”, com um preço-alvo de €220 por acção da Morgan Stanley.

• Millennium bcp (BCP PL): O lucro lucro líquido consolidado do BCP teve um aumento homólogo de 93,1% para €257,5 mn nos nove meses de 2018, com uma expressiva melhoria da operação doméstica e uma clara redução de exposições não-performantes. O produto bancário core cresceu 3%, face ao período homólogo, para €1.562,9 mn. O rácio common equity Tier1 (CET1) fully implemented fixou-se nos 11,8%.

• NOS (NOS PL): O grupo de comunicações e entretenimento português apresentou um resultado líquido no 3.º trimestre de €44 mn superando os €38 mn previstos pelos analistas. As receitas ascenderam €395 mn vs €394 mn esperados. O EBITDA foi de €156,2 mn também superando os €154,8 mn estimados.

• Allianz (ALV GY): A seguradora alemã reportou lucros trimestrais €1,94 mil m superando as previsões de €1,88 mil mn. A Allianz reafirmou os objectivos deste ano.

• Redes Energéticas Nacionais (RENE PL): O lucro líquido consolidado no primeiros 9 meses teve um crescimento homólogo de 2,3% para €90,9 mn, impulsionado pelo sólido desempenho financeiro, que beneficiou de um menor custo médio da dívida. O EBITDA subiu 3,8% para os €378,4 mn, "que beneficiou com a consolidação da Portgás (...) com a venda do negócio de GPL à Energyco II". 

• Air France-KLM (AF FP): A companhia aérea franco-holandesa registou um aumento de 4,7% no tráfego de passageiros durante Outubro. O load factor, que compara o número de passageiros com os lugares existentes, subiu para 87,5%.

• Energias de Portugal (EDP PL): A empresa reportou uma queda homóloga de 74% para €297 mn nos nove meses de 2018. A penalizar a comparação homóloga do resultado está o facto de, em Março de 2017, a EDP ter vendido a Naturgas em Espanha e ter encaixado então uma mais-valia 'one off' de €558 mn, bem como uma provisão extraordinária este ano de €285 mn devido ao Governo lhe ter tirado esta suposta sobre-compensação relativa aos CMEC-custos de manutenção do equilíbrio contratual".

• Sonae Capital (SONC PL): A empresa apresentou um prejuízo consolidado de €6,31 mn nos nove meses de 2018, face ao prejuízo de €0,5 mn no período homólogo impactado, principalmente "pelo maior nível de Amortizações, em função, sobretudo, das aquisições ocorridas no segmento de Energia e Fitness (+€4,2 mn); por €0,77 mn de custos não recorrentes com a restruturação de pessoal e uma imparidade relativa a um negócio realizado através da RACE Brasil". O volume de negócios consolidado subiu 15,4% para €150,7 mn, beneficiando "do desempenho das Unidades de Negócio, que mais do que compensaram a redução de 4,3% registada na Unidade de Activos Imobiliários".

• Telecom Italia (TIT IM): A empresa italiana apresentou um EBITDA trimestral de €2,11 mil mn acima dos €2,10 mil mn esperados pelos analistas. As receitas foram €4,71 mil mn vs€4,70 mil mn estimados. A empresa confirmou imparidades de €2 mil mn nos seus activos e não reafirmou o objectivo de dívida líquida sobre EBITDA antes de custos de espectro de 2,7x.

• Thyssenkrupp (TYK GY): A empresa alemã cortou a sua perspectiva de lucro pela segunda vez este ano. O EBIT ajustado para 2018 passou de €1,8 mil mn para €1,6 mil mn.

ACESSO INVEST ONLINE

DOCUMENTO PARA VALIDAÇÃO

POSIÇÕES DO NÚMERO DO DOCUMENTO

 
 
Este site utiliza cookies para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. SABER MAIS Concordo