FIQUE A PARAcompanhe os destaques e principais tendências do dia que influenciam as bolsas em todo o mundo.
Outlook Análise Técnica Research Investimento Educação
30.11.2021 10:47
Análise Técnica
Update: DAX
DAX @15027 O índice Alemão continua a mostrar bastante fraqueza, estando hoje a negociar claramente abaixo da exponencial dos 200 dias e aproxima-se rapidamente do importante suporte horizontal que destacamos no gráfico (14818/57) que a ser quebrado, poria definitivamente em causa a tendência de alta. O bias é negativo abaixo do intervalo 15250/81.     Análise Anterior: DAX @15972 A zona dos 16225 acabou mesmo por travar o índice e o teste à exponencial dos 200 períodos foi feito logo na abertura de ontem. O MACD horário manteve-se a apontar para baixo, deitando por terra a possibilidade de uma entrada nesta zona (como planificado na última nota). Para as próximas horas faz sentido monitorizar os 16060 como resistência e os mínimos de ontem, como suporte.     Análise Anterior: DAX @ 16077 O índice alemão continua a aguentar as zonas de suporte de muito curto prazo e a marcar novos máximos. O final da última semana trouxe novo sinal de venda no gráfico horário e o preço está agora em cima da concentração de exponenciais de curto prazo, mostrando alguma indecisão para os próximos dias. Devemos esperar um de dois cenários: - O preço reconquista o intervalo 16217/25 em fecho horário e podemos defender a continuação do movimento de alta sem grandes recuos, com o próximo objectivo na zona dos 16500 (numa óptica de “trading” fará mais sentido continuar a olhar apenas para os componentes do índice) - O preço mostra-se incapaz de sustentar acima dos 16225 e será então de esperar um teste ao intervalo destacado a laranja no gráfico (zona onde está o “gap up” referido na última nota e onde encontramos também a exponencial dos 200 dias. Este recuo já poderá permitir uma entrada para posicionamentos mais agressivos.     Análise Anterior: DAX @ 16077 O índice Alemão, depois de um teste à exponencial dos 200 dias, está a encetar um importante “breakout”, pelo que a nossa grande referência para as próximas sessões, está nos 15977. Podemos constatar no gráfico diário vários “gaps” de abertura, deixados neste movimento de alta. Só teremos em conta essas zonas se os 15977 voltarem a servir de resistência.     Quando olhamos para um período temporal mais curto, numa óptica de “trading”, identificamos algumas divergências negativas neste último “gap up”, pelo que mantemos alguma neutralidade no curto prazo. Como zonas de entrada, destacamos os dois “gap” assinalados no gráfico horário, no primeiro temos também a exponencial dos 50 períodos e no segundo, a dos 200. Serão estas as nossas referências para as próximas sessões.           Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
30.11.2021 08:30
Análise Técnica
Update: S&P500
S&P500 @4655 O índice negociou claramente abaixo dos 4598 na sessão de Sexta-feira, antes de um “spike” que despoletou o “protect-profit-stop” @ 4618. O plano sugerido está fechado mas a sessão de ontem não foi suficiente para invalidar a nossa expectativa. O nosso “bias” para o curto prazo continua negativo até um fecho diário acima dos máximos de ontem, ou pelo menos acima dos 4660. Próximo objectivo em baixa na zona dos 4550.       Análise Anterior: S&P500 @4618 O índice acabou de fazer um fecho horário abaixo dos 4652, pelo que a posição sugerida é neste momento “sem risco” (“stop” no “breakeven”), mas faz sentido sugerirmos vários ajustes ao plano (que continua com objectivo nos 4558). Para já vamos definir um “protect-profit-stop” nos 4658 (garantindo 2x o risco inicial) e se o preço fizer um fecho horário abaixo dos 4622, faremos nova alteração para os 4638 (3x o risco inicial). Podemos também definir mais duas alterações do “protect.profit-stop”: - A quebra dos 4598 em negociação obrigaria a alterar o “stop” para os 4618; - A quebra dos 4578 em negociação, permitiria uma última alteração, agora para os 4598.       Análise Anterior: S&P500 @ 4666 O S&P500 acabou por fechar acima dos 4680, deixando algumas dúvidas para o curto prazo. A abertura de hoje foi em “gap down” embora com o preço dentro dos valores da última sessão. Mantemos a expectativa defendida ontem, mas vamos sugerimos para já uma alteração do “stop” para os 4708 (reduzindo o risco para metade). Se o índice fizer um fecho horário abaixo dos 4650, fará sentido nova alteração, desta vez para o “breakeven” (entrada @ 4698). Continuamos com o objectivo nos 4558.       Análise Anterior: S&P500 @ 4698 O índice quebrou a zona dos 4680 e os anteriores mínimos relativos, está neste momento a fazer um “pullback” à zona das exponenciais quebradas ontem. Se o nosso cenário se confirmar, o preço deverá encontrar resistência nesta zona e deverá depois testar a zona dos 4537/60. Sugerimos então uma entrada nos níveis actuais (4698), com um “stop” @ 4718 e como objectivo, os 4558 (rácio retorno/risco de 7). Continuamos com 1/32 do risco máximo.       Análise Anterior: S&P500 @ 4682.95 (fecho de segunda-feira) O índice fez ontem o dia de maior volume este mês. Abertura em forte “gap up”, novos máximos e um fecho nos mínimos do dia, praticamente em cima da referência que tínhamos nos 4680. O gráfico diário ficou com padrão de topo claro se hoje o preço continuar o que começou ontem nas últimas horas de negociação.     Numa óptica de “trading” iremos considerar a quebra dos 4680 como um sinal de venda com um 1º objectivo nos 4537 (com atenção à exponencial dos 200 períodos, agora nos 4618). Iremos tentar durante a sessão sugerir um plano de entrada se o cenário se confirmar.   Análise Anterior: S&P500 @ 4647 O índice fechou em baixa pelo 2º dia consecutivo e testou a 1ª exponencial que utilizamos no gráfico diário. O padrão desenhado nas últimas 5 sessões aponta para um topo de curto prazo desde que o preço não reconquiste os 4680 (faremos novo “update” se sustentar acima desta referência). Tendo presente esta possibilidade, vamos então tentar identificar os suportes (zonas de compra) que podem ser testados nas próximas sessões. Começamos obviamente pelas exponenciais, destacando as 4628 e em seguida os 4589. Se quebrar estes suportes de curto prazo, fará sentido esperar uma ida ao intervalo de surpote seguinte: 4512/4537. Seja com a reconquista dos 4680, seja com um teste saudável ao intervalo 4512/37, o padrão de alta continuará intacto.     Numa óptica de “trading” e olhando para o período temporal que acompanhamos para este efeito, destacámos as retracções de Fibonacci do último movimento de Podemos então acrescentar mais duas importantes zonas de suporte, os 4499 e os 4447, fazendo notar que abaixo dos 4537 (gráfico diário), o movimento descendente pode ganhar contornos mais agressivos…         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
26.11.2021 15:52
Análise Técnica
Update: S&P500
S&P500 @4618 O índice acabou de fazer um fecho horário abaixo dos 4652, pelo que a posição sugerida é neste momento “sem risco” (“stop” no “breakeven”), mas faz sentido sugerirmos vários ajustes ao plano (que continua com objectivo nos 4558). Para já vamos definir um “protect-profit-stop” nos 4658 (garantindo 2x o risco inicial) e se o preço fizer um fecho horário abaixo dos 4622, faremos nova alteração para os 4638 (3x o risco inicial). Podemos também definir mais duas alterações do “protect.profit-stop”: - A quebra dos 4598 em negociação obrigaria a alterar o “stop” para os 4618; - A quebra dos 4578 em negociação, permitiria uma última alteração, agora para os 4598.       Análise Anterior: S&P500 @ 4666 O S&P500 acabou por fechar acima dos 4680, deixando algumas dúvidas para o curto prazo. A abertura de hoje foi em “gap down” embora com o preço dentro dos valores da última sessão. Mantemos a expectativa defendida ontem, mas vamos sugerimos para já uma alteração do “stop” para os 4708 (reduzindo o risco para metade). Se o índice fizer um fecho horário abaixo dos 4650, fará sentido nova alteração, desta vez para o “breakeven” (entrada @ 4698). Continuamos com o objectivo nos 4558.       Análise Anterior: S&P500 @ 4698 O índice quebrou a zona dos 4680 e os anteriores mínimos relativos, está neste momento a fazer um “pullback” à zona das exponenciais quebradas ontem. Se o nosso cenário se confirmar, o preço deverá encontrar resistência nesta zona e deverá depois testar a zona dos 4537/60. Sugerimos então uma entrada nos níveis actuais (4698), com um “stop” @ 4718 e como objectivo, os 4558 (rácio retorno/risco de 7). Continuamos com 1/32 do risco máximo.       Análise Anterior: S&P500 @ 4682.95 (fecho de segunda-feira) O índice fez ontem o dia de maior volume este mês. Abertura em forte “gap up”, novos máximos e um fecho nos mínimos do dia, praticamente em cima da referência que tínhamos nos 4680. O gráfico diário ficou com padrão de topo claro se hoje o preço continuar o que começou ontem nas últimas horas de negociação.     Numa óptica de “trading” iremos considerar a quebra dos 4680 como um sinal de venda com um 1º objectivo nos 4537 (com atenção à exponencial dos 200 períodos, agora nos 4618). Iremos tentar durante a sessão sugerir um plano de entrada se o cenário se confirmar.   Análise Anterior: S&P500 @ 4647 O índice fechou em baixa pelo 2º dia consecutivo e testou a 1ª exponencial que utilizamos no gráfico diário. O padrão desenhado nas últimas 5 sessões aponta para um topo de curto prazo desde que o preço não reconquiste os 4680 (faremos novo “update” se sustentar acima desta referência). Tendo presente esta possibilidade, vamos então tentar identificar os suportes (zonas de compra) que podem ser testados nas próximas sessões. Começamos obviamente pelas exponenciais, destacando as 4628 e em seguida os 4589. Se quebrar estes suportes de curto prazo, fará sentido esperar uma ida ao intervalo de surpote seguinte: 4512/4537. Seja com a reconquista dos 4680, seja com um teste saudável ao intervalo 4512/37, o padrão de alta continuará intacto.     Numa óptica de “trading” e olhando para o período temporal que acompanhamos para este efeito, destacámos as retracções de Fibonacci do último movimento de Podemos então acrescentar mais duas importantes zonas de suporte, os 4499 e os 4447, fazendo notar que abaixo dos 4537 (gráfico diário), o movimento descendente pode ganhar contornos mais agressivos…         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
24.11.2021 16:12
Análise Técnica
Update: S&P500
S&P500 @ 4666 O S&P500 acabou por fechar acima dos 4680, deixando algumas dúvidas para o curto prazo. A abertura de hoje foi em “gap down” embora com o preço dentro dos valores da última sessão. Mantemos a expectativa defendida ontem, mas vamos sugerimos para já uma alteração do “stop” para os 4708 (reduzindo o risco para metade). Se o índice fizer um fecho horário abaixo dos 4650, fará sentido nova alteração, desta vez para o “breakeven” (entrada @ 4698). Continuamos com o objectivo nos 4558.       Análise Anterior: S&P500 @ 4698 O índice quebrou a zona dos 4680 e os anteriores mínimos relativos, está neste momento a fazer um “pullback” à zona das exponenciais quebradas ontem. Se o nosso cenário se confirmar, o preço deverá encontrar resistência nesta zona e deverá depois testar a zona dos 4537/60. Sugerimos então uma entrada nos níveis actuais (4698), com um “stop” @ 4718 e como objectivo, os 4558 (rácio retorno/risco de 7). Continuamos com 1/32 do risco máximo.       Análise Anterior: S&P500 @ 4682.95 (fecho de segunda-feira) O índice fez ontem o dia de maior volume este mês. Abertura em forte “gap up”, novos máximos e um fecho nos mínimos do dia, praticamente em cima da referência que tínhamos nos 4680. O gráfico diário ficou com padrão de topo claro se hoje o preço continuar o que começou ontem nas últimas horas de negociação.     Numa óptica de “trading” iremos considerar a quebra dos 4680 como um sinal de venda com um 1º objectivo nos 4537 (com atenção à exponencial dos 200 períodos, agora nos 4618). Iremos tentar durante a sessão sugerir um plano de entrada se o cenário se confirmar.   Análise Anterior: S&P500 @ 4647 O índice fechou em baixa pelo 2º dia consecutivo e testou a 1ª exponencial que utilizamos no gráfico diário. O padrão desenhado nas últimas 5 sessões aponta para um topo de curto prazo desde que o preço não reconquiste os 4680 (faremos novo “update” se sustentar acima desta referência). Tendo presente esta possibilidade, vamos então tentar identificar os suportes (zonas de compra) que podem ser testados nas próximas sessões. Começamos obviamente pelas exponenciais, destacando as 4628 e em seguida os 4589. Se quebrar estes suportes de curto prazo, fará sentido esperar uma ida ao intervalo de surpote seguinte: 4512/4537. Seja com a reconquista dos 4680, seja com um teste saudável ao intervalo 4512/37, o padrão de alta continuará intacto.     Numa óptica de “trading” e olhando para o período temporal que acompanhamos para este efeito, destacámos as retracções de Fibonacci do último movimento de Podemos então acrescentar mais duas importantes zonas de suporte, os 4499 e os 4447, fazendo notar que abaixo dos 4537 (gráfico diário), o movimento descendente pode ganhar contornos mais agressivos…         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
24.11.2021 10:10
Análise Técnica
Update: DAX
DAX @15972 A zona dos 16225 acabou mesmo por travar o índice e o teste à exponencial dos 200 períodos foi feito logo na abertura de ontem. O MACD horário manteve-se a apontar para baixo, deitando por terra a possibilidade de uma entrada nesta zona (como planificado na última nota). Para as próximas horas faz sentido monitorizar os 16060 como resistência e os mínimos de ontem, como suporte.     Análise Anterior: DAX @ 16077 O índice alemão continua a aguentar as zonas de suporte de muito curto prazo e a marcar novos máximos. O final da última semana trouxe novo sinal de venda no gráfico horário e o preço está agora em cima da concentração de exponenciais de curto prazo, mostrando alguma indecisão para os próximos dias. Devemos esperar um de dois cenários: - O preço reconquista o intervalo 16217/25 em fecho horário e podemos defender a continuação do movimento de alta sem grandes recuos, com o próximo objectivo na zona dos 16500 (numa óptica de “trading” fará mais sentido continuar a olhar apenas para os componentes do índice) - O preço mostra-se incapaz de sustentar acima dos 16225 e será então de esperar um teste ao intervalo destacado a laranja no gráfico (zona onde está o “gap up” referido na última nota e onde encontramos também a exponencial dos 200 dias. Este recuo já poderá permitir uma entrada para posicionamentos mais agressivos.     Análise Anterior: DAX @ 16077 O índice Alemão, depois de um teste à exponencial dos 200 dias, está a encetar um importante “breakout”, pelo que a nossa grande referência para as próximas sessões, está nos 15977. Podemos constatar no gráfico diário vários “gaps” de abertura, deixados neste movimento de alta. Só teremos em conta essas zonas se os 15977 voltarem a servir de resistência.     Quando olhamos para um período temporal mais curto, numa óptica de “trading”, identificamos algumas divergências negativas neste último “gap up”, pelo que mantemos alguma neutralidade no curto prazo. Como zonas de entrada, destacamos os dois “gap” assinalados no gráfico horário, no primeiro temos também a exponencial dos 50 períodos e no segundo, a dos 200. Serão estas as nossas referências para as próximas sessões.           Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
23.11.2021 15:55
Análise Técnica
Update: S&P500
S&P500 @ 4698 O índice quebrou a zona dos 4680 e os anteriores mínimos relativos, está neste momento a fazer um “pullback” à zona das exponenciais quebradas ontem. Se o nosso cenário se confirmar, o preço deverá encontrar resistência nesta zona e deverá depois testar a zona dos 4537/60. Sugerimos então uma entrada nos níveis actuais (4698), com um “stop” @ 4718 e como objectivo, os 4558 (rácio retorno/risco de 7). Continuamos com 1/32 do risco máximo.       Análise Anterior: S&P500 @ 4682.95 (fecho de segunda-feira) O índice fez ontem o dia de maior volume este mês. Abertura em forte “gap up”, novos máximos e um fecho nos mínimos do dia, praticamente em cima da referência que tínhamos nos 4680. O gráfico diário ficou com padrão de topo claro se hoje o preço continuar o que começou ontem nas últimas horas de negociação.     Numa óptica de “trading” iremos considerar a quebra dos 4680 como um sinal de venda com um 1º objectivo nos 4537 (com atenção à exponencial dos 200 períodos, agora nos 4618). Iremos tentar durante a sessão sugerir um plano de entrada se o cenário se confirmar.   Análise Anterior: S&P500 @ 4647 O índice fechou em baixa pelo 2º dia consecutivo e testou a 1ª exponencial que utilizamos no gráfico diário. O padrão desenhado nas últimas 5 sessões aponta para um topo de curto prazo desde que o preço não reconquiste os 4680 (faremos novo “update” se sustentar acima desta referência). Tendo presente esta possibilidade, vamos então tentar identificar os suportes (zonas de compra) que podem ser testados nas próximas sessões. Começamos obviamente pelas exponenciais, destacando as 4628 e em seguida os 4589. Se quebrar estes suportes de curto prazo, fará sentido esperar uma ida ao intervalo de surpote seguinte: 4512/4537. Seja com a reconquista dos 4680, seja com um teste saudável ao intervalo 4512/37, o padrão de alta continuará intacto.     Numa óptica de “trading” e olhando para o período temporal que acompanhamos para este efeito, destacámos as retracções de Fibonacci do último movimento de Podemos então acrescentar mais duas importantes zonas de suporte, os 4499 e os 4447, fazendo notar que abaixo dos 4537 (gráfico diário), o movimento descendente pode ganhar contornos mais agressivos…         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
23.11.2021 08:53
Análise Técnica
Update: S&P500
S&P500 @ 4682.95 (fecho de segunda-feira) O índice fez ontem o dia de maior volume este mês. Abertura em forte “gap up”, novos máximos e um fecho nos mínimos do dia, praticamente em cima da referência que tínhamos nos 4680. O gráfico diário ficou com padrão de topo claro se hoje o preço continuar o que começou ontem nas últimas horas de negociação.     Numa óptica de “trading” iremos considerar a quebra dos 4680 como um sinal de venda com um 1º objectivo nos 4537 (com atenção à exponencial dos 200 períodos, agora nos 4618). Iremos tentar durante a sessão sugerir um plano de entrada se o cenário se confirmar.   Análise Anterior: S&P500 @ 4647 O índice fechou em baixa pelo 2º dia consecutivo e testou a 1ª exponencial que utilizamos no gráfico diário. O padrão desenhado nas últimas 5 sessões aponta para um topo de curto prazo desde que o preço não reconquiste os 4680 (faremos novo “update” se sustentar acima desta referência). Tendo presente esta possibilidade, vamos então tentar identificar os suportes (zonas de compra) que podem ser testados nas próximas sessões. Começamos obviamente pelas exponenciais, destacando as 4628 e em seguida os 4589. Se quebrar estes suportes de curto prazo, fará sentido esperar uma ida ao intervalo de surpote seguinte: 4512/4537. Seja com a reconquista dos 4680, seja com um teste saudável ao intervalo 4512/37, o padrão de alta continuará intacto.     Numa óptica de “trading” e olhando para o período temporal que acompanhamos para este efeito, destacámos as retracções de Fibonacci do último movimento de Podemos então acrescentar mais duas importantes zonas de suporte, os 4499 e os 4447, fazendo notar que abaixo dos 4537 (gráfico diário), o movimento descendente pode ganhar contornos mais agressivos…         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
22.11.2021 11:17
Análise Técnica
PSI-20
PSI-20 @5543 Depois de um movimento praticamente com apenas um sentido desde o 1º trimestre deste ano, o último mês trouxe uma pausa no preço que ganha especial importância por ter surgido na zona do duplo topo de 2018. A zona dos 5800 é um referência importante para a continuação da tendência de alta. Como suporte a monitorizar para as próximas semanas, o intervalo 5425/55.     Quando olhamos para o gráfico diário, identificamos várias divergências negativas entre o preço e os indicadores quando o índice tentou quebrar os 5800, destacámos também nova tentativa falhada de suplantar essa zona (1ª seta a amarelo), e por fim a quebra da exponencial dos 50 dias na semana passada (2ª seta a amarelo). Também no caso do índice nacional, podemos esperar dois cenários distintos:   - A reconquista da exponencial dos 50 dias esta semana (num movimento semelhante ao destacado com uma circunferência a laranja) e uma inversão dos indicadores em alta. A quebra dos 5800 confirmaria a saúde da tendência dos últimos trimestres. - A incapacidade para sustentar acima da exponencial referida, permitira esperar por um teste à exponencial dos 200 (destacámos as duas correcções anteriores semelhantes com 2 setas a laranja). A exponencial dos 200 dias tem inclinação positiva e está hoje nos 5245.           Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
22.11.2021 08:35
Análise Técnica
Update: DAX
DAX @ 16077 O índice alemão continua a aguentar as zonas de suporte de muito curto prazo e a marcar novos máximos. O final da última semana trouxe novo sinal de venda no gráfico horário e o preço está agora em cima da concentração de exponenciais de curto prazo, mostrando alguma indecisão para os próximos dias. Devemos esperar um de dois cenários: - O preço reconquista o intervalo 16217/25 em fecho horário e podemos defender a continuação do movimento de alta sem grandes recuos, com o próximo objectivo na zona dos 16500 (numa óptica de “trading” fará mais sentido continuar a olhar apenas para os componentes do índice) - O preço mostra-se incapaz de sustentar acima dos 16225 e será então de esperar um teste ao intervalo destacado a laranja no gráfico (zona onde está o “gap up” referido na última nota e onde encontramos também a exponencial dos 200 dias. Este recuo já poderá permitir uma entrada para posicionamentos mais agressivos.     Análise Anterior: DAX @ 16077 O índice Alemão, depois de um teste à exponencial dos 200 dias, está a encetar um importante “breakout”, pelo que a nossa grande referência para as próximas sessões, está nos 15977. Podemos constatar no gráfico diário vários “gaps” de abertura, deixados neste movimento de alta. Só teremos em conta essas zonas se os 15977 voltarem a servir de resistência.     Quando olhamos para um período temporal mais curto, numa óptica de “trading”, identificamos algumas divergências negativas neste último “gap up”, pelo que mantemos alguma neutralidade no curto prazo. Como zonas de entrada, destacamos os dois “gap” assinalados no gráfico horário, no primeiro temos também a exponencial dos 50 períodos e no segundo, a dos 200. Serão estas as nossas referências para as próximas sessões.           Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
16.11.2021 16:54
Invest Monthly
Outubro de 2021
Indicadores Económicos   Os EUA cresceram abaixo do esperado no terceiro trimestre deste ano, tendo registado um crescimento de 2% face ao trimestre anterior, quando se antecipava 2,6%. No mês de Setembro, a taxa de desemprego caiu de 5,2% para 4,8%, superando as expectativas dos analistas que esperavam uma taxa de desemprego de 5,1%. Os novos pedidos de desemprego (Initial Jobless Claims) atingiram os 269 mil, face aos estimados 275 mil na semana até 30 de Outubro. O PMI ISM Manufacturing atingiu os 60,8 pontos em Outubro, acima do esperado pelos analistas (60,8 pontos) graças a um aumento significativo dos preços (ISM de preços 85,7 face aos estimados 82 pontos) e apesar de encomendas abaixo do esperado (ISM novas encomendas 59,8 face aos estimados 64,2 pontos).   Em Portugal, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,9% em cadeia e 4,2% em termos homólogos, no terceiro trimestre. A taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) aumentou para 1,8% em Outubro, depois de três meses consecutivos de aumento de 1,5% em termos homólogos. Os preços dos produtos energéticos voltaram a acelerar em Outubro de forma significativa, avançando 13,3% face ao período homólogo (10,5% em Setembro). Destaque também para o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que dissolveu o parlamento e marcou as eleições antecipadas para o dia 30 de Janeiro de 2022.  Evolução dos Mercados Accionistas Outubro foi um mês de subidas para a maioria dos principais índices de acções. Na Europa, os índices DAX-30 e o EuroStoxx-50 registaram ganhos de 2,8% e 5,0%, respectivamente. Do outro lado do Atlântico, os índices S&P-500 e o Nasdaq-100 terminaram com uma valorização expressiva de 6,9% e 7,9%, respectivamente. A nível nacional, o índice PSI-20 subiu 5,0%. As maiores valorizações do mês foram as da Greenvolt – Energias Renováveis (+14,4%), Jerónimo Martins (+13,9%) e EDP Renováveis (+12,5%). Índices Accionistas   Na última reunião, o Banco Central Europeu (BCE) decidiu manter as taxas de juro directoras inalteradas, e manter a compra de obrigações através do Programa de Compras de Emergência Pandémica (PEPP), ainda que a um ritmo inferior ao dos dois primeiros trimestres do ano. O BCE manteve a mesma retórica de que o aumento de preços está a ser causado por factores temporários, como o preço da energia e a procura superior à oferta, mas afirma que esta pressão nos preços poderá durar mais tempo do que inicialmente se esperava. Dada a situação actual, e caso esta se mantenha, o BCE afirma que o PEPP irá mesmo terminar em Março de 2022, mas ainda não avançou com nenhuma guidance sobre o futuro da política de compra de activos a partir dessa data. Taxas de Juro   Igualmente, o Presidente da Reserva Federal norte-americana (FED), Jerome Powell anunciou a decisão do comité da FED de abrandar a compra de obrigações (tapering) no final de Novembro. A redução mensal será de USD 10 mil milhões em obrigações do governo americano (Treasuries) e USD 5 mil milhões em obrigações garantidas por activos (mortgage-backed securities), em linha com o esperado pelo mercado. Actualmente a FED compra mensalmente USD 120 mil milhões de obrigações, logo se se mantiver este ritmo de redução, daqui a 8 meses a FED deixará de comprar novas obrigações, estabilizando o tamanho do seu balanço. No entanto, Powell afirmou que este ritmo pode ser alterado consoante as condições macroeconómicas. A FED continua a afirmar que a subida da inflação será apenas passageira, apesar de reconhecer que deverá haver ainda inflação significativa na primeira metade de 2022. Em relação à possibilidade de subidas de taxas de juro, Powell afirmou que não é o momento certo e que pretende ver uma recuperação mais forte do mercado de trabalho. As projecções da FED em Setembro apontavam para apenas uma subida da taxa de juro no próximo ano.   Na China, a empresa imobiliária Evergrande conseguiu pagar o cupão de USD 83,5 milhões que estava no período de carência de 30 dias.  Num comunicado, a Evergrande afirmou que as vendas de apartamentos caíram 97%, pressionando assim os seus níveis de liquidez e que também não conseguiu vender mais activos da empresa e, por isso, terá bastantes dificuldades em fazer face às suas obrigações. Depois dos problemas da Evergrande e da empresa de imobiliário Fantasy, a Modern Land está também com dificuldades financeiras e pediu a extensão de três meses ao pagamento de um cupão de uma obrigação em USD.  Taxa de Câmbio Commodities   Obs: Cotações a 31/10/2021. Fonte: Bloomberg. Banco Invest   Alocação de Activos As carteiras encerraram o mês de Outubro com uma valorização de 2,1%, menos 140bp do que o respectivo benchmark (3,5%). Nos últimos doze meses, a valorização ascende a 17,4%, contra os 24,6% registados pelo benchmark. No mês de Outubro os mercados, de um modo geral, registaram uma performance positiva, sendo que nos países desenvolvidos as valorizações foram mais significativas. Nos Estados-Unidos, os índices S&P-500 e Nasdaq-100 valorizaram 6,9% e 7,9% respectivamente, e, na Europa o índice EuroStoxx-50 subiu 5,0%. Entre os mercados emergentes, o índice global dos emergentes (MSCI EM) subiu 0,9%, com destaque para as perdas registadas no Brasil (-6,7% IBOV, em moeda local). O mês de Outubro correspondeu com o início da divulgação dos resultados das empresas do terceiro trimestre. Tanto nos Estados Unidos como na Europa os resultados das empresas apresentaram valores positivos e excederam as espectativas dos investidores, impulsionando para cima os principais índices accionistas.   No último trimestre, nos Estados Unidos o PIB cresceu 2,0% em termos anualizados, uma desaceleração nítida face aos períodos anteriores que foi provocada pelas disrupcções nas cadeias de abastecimento globais e pelo novo surto da variante delta do outro lado do Atlântico. Na Zona Euro, a economia cresceu 2,2% no terceiro trimestre depois da maioria dos países Europeus cumprirem com as suas metas de vacinação.   Neste cenário, a valorização mensal foi suportada, sobretudo, pelas subidas dos mercados accionistas. Na componente accionista, procedeu-se a mais-valias no mercado Ibérico e alocou-se o produto da venda nas acções, reforçando as posições nos sectores globais de serviços de comunicação, tecnológico e energias renováveis.   Na componente obrigacionista, destaque para as obrigações norueguesas que beneficiaram da apreciação da coroa norueguesa (+3,7%) em Outubro. Estratégia de Investimento Alocação de Activos Rendibilidade Histórica Invest - Dinâmico Disclaimer: A informação contida neste documento tem um carácter exclusivamente informativo e particular. A informação foi obtida junto de fontes consideradas fiáveis, não sendo, contudo, possível garantir a sua precisão. As opiniões expressas são da inteira responsabilidade dos seus autores, reflectindo apenas os seus pontos de vista, os quais podem não ser coincidentes com opiniões expressas por outras áreas do Banco Invest, SA. O Banco Invest, SA rejeita qualquer responsabilidade por eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente, da utilização da informação referida neste documento. O Banco Invest, SA e os seus colaboradores poderão deter posições em qualquer activo mencionado neste documento. A reprodução de parte ou totalidade desta publicação é permitida, sujeita a indicação da fonte. Relativamente ao produto “Invest – Dinâmico”, as taxas de rendibilidade apresentadas são líquidas de comissões de gestão e correspondem à mediana das rendibilidades das carteiras sobre gestão discricionária no perfil “Dinâmico”. As rendibilidades dos índices que compõem o Benchmark são obtidas junto da Bloomberg. Taxas de rendibilidade e risco calculadas com base na cotação dos diversos ativos a 31-Out-21. Rendibilidades passadas não constituem garantia de rendibilidades futuras. A rendibilidade do investimento depende da evolução dos ativos detidos em Carteira, e pode ser influenciada por factores políticos, económicos e financeiros, incluindo variações cambiais, que estão inter-relacionados, bem como por outros factores que afectam, genericamente, os mercados financeiros.  
11.11.2021 10:28
Análise Técnica
S&P500
S&P500 @ 4647 O índice fechou em baixa pelo 2º dia consecutivo e testou a 1ª exponencial que utilizamos no gráfico diário. O padrão desenhado nas últimas 5 sessões aponta para um topo de curto prazo desde que o preço não reconquiste os 4680 (faremos novo “update” se sustentar acima desta referência). Tendo presente esta possibilidade, vamos então tentar identificar os suportes (zonas de compra) que podem ser testados nas próximas sessões. Começamos obviamente pelas exponenciais, destacando as 4628 e em seguida os 4589. Se quebrar estes suportes de curto prazo, fará sentido esperar uma ida ao intervalo de surpote seguinte: 4512/4537. Seja com a reconquista dos 4680, seja com um teste saudável ao intervalo 4512/37, o padrão de alta continuará intacto.     Numa óptica de “trading” e olhando para o período temporal que acompanhamos para este efeito, destacámos as retracções de Fibonacci do último movimento de Podemos então acrescentar mais duas importantes zonas de suporte, os 4499 e os 4447, fazendo notar que abaixo dos 4537 (gráfico diário), o movimento descendente pode ganhar contornos mais agressivos…         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
09.11.2021 11:46
Análise Técnica
DAX
DAX @ 16077   O índice Alemão, depois de um teste à exponencial dos 200 dias, está a encetar um importante “breakout”, pelo que a nossa grande referência para as próximas sessões, está nos 15977. Podemos constatar no gráfico diário vários “gaps” de abertura, deixados neste movimento de alta. Só teremos em conta essas zonas se os 15977 voltarem a servir de resistência.     Quando olhamos para um período temporal mais curto, numa óptica de “trading”, identificamos algumas divergências negativas neste último “gap up”, pelo que mantemos alguma neutralidade no curto prazo. Como zonas de entrada, destacamos os dois “gap” assinalados no gráfico horário, no primeiro temos também a exponencial dos 50 períodos e no segundo, a dos 200. Serão estas as nossas referências para as próximas sessões.           Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
09.11.2021 10:56
Análise Técnica
Update: EUR/USD
EUR/USD @1.1597   O par continua na zona dos 1.16, tendo desenhado uma base interessante nas últimas três semanas. Uma recuperação técnica pode levar o preço à exponencial dos 200 dias, ou mesmo ao intervalo definido como “Resistance/target” (acima de 1.19). O gráfico horário (não apresentado nesta nota) apresenta alguns sinais de inversão de curto prazo, pelo que podemos esperar novo teste ao minimos na zona dos 1.15. Será o sucesso desse teste que nos permitirá elaborar novo plano de entrada.   Análise Anterior:EUR/USD @1.1605   Temos vindo a defender um “bias” a favor do dólar, mas também temos sugerido algumas entradas em suportes de curto prazo. O suporte que o preço está a testar é bastante mais relevante que os anteriores, como se pode ver no gráfico diário. Uma recuperação teria como objectivo técnico, novo teste à exponencial dos 200 dias.     O gráfico horário sinalizou claramente uma reacção ao suporte, com uma inversão positiva do MACD. Sugerimos então uma entrada nos níveis actuais (1.1605), com um “stop” apertado nos 1.1580. Como objectivo, os 1.1855 (rácio retorno risco de 10). Continuamos com 1/32 do risco máximo.         Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
05.11.2021 16:24
Análise Técnica
Dolar Index
Dolar Index @ 94.48 A moeda norte-americana continua a namorar a resistência de médio prazo com a posição relativa das exponenciais a apontar para uma quebra em alta. Insistimos na extrema importância desta zona, que a ser quebrada, terá decerto consequências visíveis nos vários pares que acompanhamos. A acontecer, podemos esperar o dolar index na zona dos 100…     Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
05.11.2021 16:21
Análise Técnica
Update: S&P500
S&P500 @ 4712 O índice aguentou a zona dos 4567, depois de uns pequenos recuos intradiários e encetou novo movimento de alta, que podemos agora apelidar de parabólico. Numa óptica de “trading” as correcções continuam a ficar totalmente aquém das nossas referências para uma entrada, com o grande destaque para a exponencial dos 200 dias. Enquanto assim for, continua a fazer muito mais sentido a abordagem componente a componente, pelo menos enquanto o padrão de alta continuar sem quebras. A última correcção no gráfico diário permitia ter uma projecção para este movimento na zona dos 4625, valor que não mereceu sequer uma pausa por parte do índice que tem mostrado apenas uma direcção. Continuamos em terrritório por explorar, pelo que sem recuos, qualquer projecção para este movimento terá uma base técnica muito fraca…   Análise Anterior: S&P500 @ 4577 A reconquista dos 4466 confirmou a retoma da tendência de alta com o índice a marcar novos máximos em pouco mais de uma semana. O objectivo para este movimento deve ser a extrapolação de Fibonacci (usando os mínimos de 2020) na zona dos 4625. Esta ideia é válida desde que o preço sustente acima dos 4567. Fazemos também notar que os máximos de momentum no gráfico horário coincidem com a zona de máximos de Setembro último. O padrão de alta está vivo, mas os sinais de alarme continuam a recordar o teste por fazer à exponencial dos 200 dias. Para o curto prazo estamos então a monitorizar os 4545, os 4567 e por fim os 4625. Análise Anterior: S&P500 @ 4361 (fecho de segunda-feira) O índice deixou mais um enorme “gap” de abertura acima da nossa referência nos 4370. Essa sessão acabou por validar uma linha de tendência de máximos sempre inferiores, que destacamos no gráfico diário (uma linha de tendência é válida a partir do 3º toque). Vamos hoje monitorizar o intervalo 4354/68 como definidora de bias para o curto prazo, sendo que acima dos 4466 consideramos retomada a tendência de alta dos últimos meses. Abaixo dos 4350 é expectável um acelerar do movimento descendente que deverá trazer novos mínimos relativos abaixo dos 4280.     Numa óptica de “trading” e quando olhamos para o gráfico horário, constatamos que para além da validação da linha de tendência descendente, o preço voltou a rejeitar a exponencial dos 200 períodos, num movimento em tudo semelhante aos anteriores (destacados a amarelo). Definimos também duas zonas de venda, a 1ª no intervalo que engloba as exponenciais de curto prazo (4379/89) e depois o intervalo 4405/4420. Como zona de compra, a linha de tendência descendente é um suporte fraco, pelo que poderá ser necessário esperar pelo “normal” teste à exponencial dos 200 dias.         Análise Anterior: S&P500 @ 4322 O índice acabou ontem por vir fechar abaixo da nossa primeira referência para o curto prazo, nos 4350, hipotecando para já uma recuperação mais forte e colocando novamente em cima da mesa o mais que expectável teste à exponencial dos 200 dias (junto aos 4100). O gráfico horário está a inverter novamente sem o MACD ter registado valores acima de 0, o que complica a elaboração de um plano no curto prazo: A zona ideal de venda foi deixada para trás com um “gap down” e o suporte no intervalo 4275/4300 não está quebrado. O “bias” é agora mais negativo, mas o suporte referido tem impedido maiores males. Faremos novo “update” assim que o preço saia do intervalo definido pelas duas últimas sessões (4278, 4370).         Análise Anterior: S&P500 @ 4348 O índice reconquistou ontem em cima do fecho a zona dos 4300, confirmou hoje de abertura uma divergência positiva, com uma abertura em “gap up”, que colocou o preço a 40 pontos da zona de mínimos (não deixando mais uma vez grande margem de manobra para um plano que respeite os nossos habituais rácios retorno/risco). Com apenas um hora de sessão hoje, o preço está a testar a 1ª referência que tínhamos para o curto prazo, os 4350. A capacidade para suplantar esta zona (onde também está a exponencial dos 50 períodos) pode permitir ao S&P500 ir testar o “gap down” deixado nos 4433, ou pelo menos a exponencial dos 200 períodos, acima dos 4400. Numa óptica de “trading” e com o MACD horário a apontar para cima, mantemos um “bias neutro”.         Análise Anterior: S&P500 @ 4378 A exponencial dos 50 dias suportou o preço em todas as correcções desde Novembro de 2020. Essa referência está hoje nos 4422, valor abaixo do qual defendemos a possibilidade de um teste (expectável) à exponencial dos 200 dias, na zona dos 4130 (com inclinação positiva). O forte “gap down” de abertura dificulta a elaboração de um plano no curto prazo, pelo que teremos de esperar pelo próximo sinal de venda no gráfico horário para uma entrada no objectivo referido. Como referências para as próximas horas/sessões: 4350, 4375, 4400, 4422 e por fim o intervalo 4433/66.         Análise Anterior: S&P500 @ 4439 Começamos por fazer notar, mais uma vez, o fraco volume da recuperação do final da semana passada. As próximas sessões podem ser determinantes para um dos dois cenários técnicos seguintes:   - O índice sustenta acima das exponenciais de curto prazo (gráficos diário e horário), a última está na zona dos 4450, e estará de regresso a tendência vigente, de alta. Poderíamos nesse caso esperar o S&P500 acima dos 4600 nas próximas sessões.   - A incapacidade para aguentar a zona das exponenciais e a quebra em baixa dos 4420, deve implicar novos mínimos relativos no curto prazo, com uma uma correcção que se deverá estender até um teste à exponencial dos 200 dias.         Análise Anterior: S&P500 @ 4433 (fecho de sexta-feira) Os sinais de alarme que identificámos nos gráficos de curto prazo trouxeram o índice à zona de compra/suporte que definimos na última nota, para posicionamentos mais agressivos. O S&P500 prepara uma abertura muito próximo da zona inferior do intervalo referido (4375). Faz sentido também relembrar que a exponencial dos 200 dias é o suporte técnico que esperamos ver testado ainda este ano (para hoje na zona dos 4110 com inclinação claramente positiva).         Análise Anterior: S&P500 @ 4524.09 (fecho de quarta-feira) Destacámos um canal ascendente no gráfico de médio/longo prazo, que teve início após a quebra em alta dos níveis pre-pandemia. A figura engloba claramente o preço desde então e permite apontar a zona dos 4300 como o suporte de prazo mais alargado a monitorizar. Fazemos referência aos indicadores, que nos mostram uma força de tendência reduzida e algumas divergências negativas.     Olhando para o gráfico diário, faz sentido lembrar que nos últimos 25 anos, só em 2 o preço não testou a exponencial dos 200 dias (hoje nos 4061, com inclinação claramente positiva). Esta seria a zona óbvia de entrada para investidores, mas para posicionamentos claramente mais agressivos, definimos uma outra, destacada como “buying area”. No sentido inverso e enquanto o padrão de mantiver, podemos esperar uma ida acima dos 4600, desde que o preço sustente acima das projecções de Fibonacci que identificámos no gráfico (4506 e 4549).     Passando ao período temporal de análise onde normalmente definimos os nossos planos de “trading”, constatamos mais uma vez que alguns indicadores divergem do preço nos máximos, mas também identificamos dois suportes claros que têm aguentado o preço nos recuos: A exponencial dos 50 (agora nos 4507) e dos 200 períodos (nos 4447). O preço desenhou uma clara linha de máximos na zona dos 4538, que com as exponenciais referidas, coompleta a lista das nossas referências técnicas para o curto prazo. Disclaimer O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest.  
29.11.2021 09:13
ChartBook US Macro
29 de Novembro de 2021
[ download ]
29.11.2021 09:12
ChartBook Forex
29 de Novembro de 2021
[ download ]
29.11.2021 09:11
ChartBook EUR Macro
29 de Novembro de 2021
[ download ]
29.11.2021 09:11
ChartBook Commodities
29 de Novembro de 2021
[ download ]
29.11.2021 09:10
ChartBook Sectores
29 de Novembro de 2021
[ download ]
29.11.2021 09:10
ChartBook PMI
29 de Novembro de 2021
[ download ]
29.11.2021 09:08
Masterlist Portugal
29 de Novembro de 2021
[ download ]
Os principais índices norte-americanos agravaram depois das declarações do presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, sobre a inflação em que reconheceu que está na altura de retirar a palavra "transitória".
A inflação tem disparado tanto nos Estados Unidos como na Zona Euro. Jerome Powell afirmou, hoje, que "está a na altura de retirar o termo transitório da inflação", dando assim confiança aos investidores de que as taxas de juro vão subir mais cedo do que o esperado.
O índice de Confiança do Consumidor do US Conference Board desceu para 109,5 em Novembro, aquém das previsões dos economistas de 110,9. - Situação presente: 142.5 vs 145.5 anterior - Expectativas:  87.6 vs 89.0 anterior Mais detalhes sobre a publicação: Empregos em abundância 58.0 vs 54.8 anterior Situação presente 142.5 vs 145.5 anterior Expectativas 87.6 vs 89.0 anterior O EURUSD teve uma reação relativamente pequena após a divulgação dos dados divulgados hoje. O par cambial está a testar a resistência marcada pelos  1,1375. Fonte: xStation5 Declaração de Risco A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser en
O Banco Central Europeu informou hoje que diminuiu na semana passada as compras de dívida pela pandemia para 15,7 milhões de euros. As compras de dívida no âmbito do programa PEPP ("Pandemic Emergency Purchase Programme"), com um volume total de 1,85 biliões de euros, terminam em finais de Março de 2022.  O BCE adquiriu até agora com este programa dívida para atenuar a crise causada pela pandemia num valor superior a 1.536,5 milhões de euros.
A prata acompanhou o movimento do ouro na maior parte do mês de Novembro e até brevemente superou o ouro mas depois tudo mudou. Neste momento, a rendibilidade do ouro no mês de Novembro foi quase nula enquanto a prata desvaloriza 5% e poderá até piorar à medida os investidores tornam-se mais avessos ao risco.
A taxa de inflação anual na Zona Euro subiu em Novembro pelo quinto mês consecutivo para os 4,9% comparado com 4,1% em Outubro, superando largamente os 4,5% previstos pelos economistas. A energia foi a componente da inflação que mais aumentou em Novembro (27,4% vs 23,7% em Outubro), seguindo pelos serviços (2,7% vs 2,1% em Outubro), pela área de bens não industriais (2,4%) e pela alimentação, álcool e tabaco (2,2%). A maior taxa de inflação foi encontrada na Lituânia de 9,3%. A Estónia regista o segundo valor mais elevado de 8,4%, seguida pela Letónia com 7,4%. Em sentido contrário, as menores taxas de inflação são encontradas em Malta (2,3%) e em Portugal (2,7%).
O índice Stoxx 600 desvaloriza 1,35% hoje, para o seu nível mais baixo em quase sete semanas. Neste último dia de negociação do mês, o índice está a caminho de perdas de cerca de 3% em Novembro com o aviso do CEO da Moderna que as vacinas Covid-19 podem ser menos eficazes contra a variante Ómicron e que uma nova vacina poderá levar meses a desenvolver e implementar em larga escala.
Ontem, o CEO da Moderna manifestou alguma incerteza sobre a eficácia das vacinas existentes contra a nova variante Ómicron, aumentado novamente os receios dos investidores. Jerome Powell, presidente da Reserva Federal, também afirmou ontem que a nova variante Ómicron arrisca intensificar as perturbações das cadeias de fornecimento que têm causado um aumento da inflação este ano mas que não há "motivo para pânico" e apelou à vacinação. Em termos macroeconómicos, o destaque hoje vai para a divulgação da inflação na Zona Euro de Novembro. Os economistas esperam um aumento para 4,5%, em termos homólogos, de 4,1% em Outubro. No Japão, o índice Nikkei 225 desceu 1,63% e as praças chinesas encerraram mistas após a actividade económica na China ter aumentado para 52,2 pontos em Novembro, de 50,8 pontos no mês anterior. As bolsas norte-americanas encerraram no verde, impulsionadas pelas tecnológicas como a Amazon, Facebook e Alphabet. As acções do Twitter desvalorizaram 2,66% após o CEO Jack Dorsey ter anunciado que vai deixar o cargo. Hoje, Jerome Powell, presidente da Reserva Federal, irá defender a sua renomeação no cargo junto do Comité Bancário do Senado, juntamente com a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen. Dados Macroeconómicos:   01h00: Índice PMI (Nov)   07h45: Índice de Preços ao Produtor (Out)  07h45: Inflação (Nov)  07h45: PIB (3.º Tri)  08h00: Vendas a Retalho (Out)  08h55: Taxa de Desemprego (Nov)  09h00: PIB (3.º Tri)  09h30: Inflação (Nov)  10h00: Inflação (Nov)  10h00: Inflação (Nov)  11h00: PIB (3.º Tri)   11h00: Vendas a Retalho (Out)  11h00: Produção Industrial (Out)  14h00: Índices Preços Casas S&P/CaseShiller (Set)   15h00: Confiança do Consumidor (Nov) Eventos:  Discursos de vários membros da Reserva Federal EUA: Powell (15h00), Williams (15h30) e Clarida (18h00) Resultados Empresariais:  Easyjet (AA) Estes são os principais destaques da imprensa hoje:  Bondalti aposta no lítio com nova tecnologia  Covid destrói mais emprego jovem em Portugal que na UE  Pensões: Esperança de vida faz cair idade da reforma  Pandemia torna possível a redução da idade da reforma para lá de 2023  Ómicron: DGS sem dados para admitir transmissão comunitária  Reforma: Idade de acesso antecipada três meses devido a mortes por Covid   Governo exige certificado nos restaurantes mas deixa de for a cafés e pastelarias  Central do Pego. Fundo garante salários por um ano  Comunicação é o maior desafio das lideranças no pós-pandemia
A Omicron, nova variante da Covid-19 já foi detectada em pelo menos 15 países e territórios até o momento, o que fez com várias nações adoptassem restrições.
Segundo a CNBC,  Jack Dorsey deve deixar o seu cargo de CEO da Twitter. Não está claro quem vai suceder Dorsey. O próximo CEO terá que cumprir os objectivos internos agressivos do Twitter. A empresa disse no início deste ano que pretende ter 315 milhões de utilizadores activos diários monetizáveis até o final de 2023 e pelo menos dobrar a sua receita anual naquele ano.
Jerome Powell, presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, cujo mandato terminava em Fevereiro do próximo ano, deverá continuar mais quatro anos aos comandos da Fed. De acordo com a LPL Financial, o índice Dow Jones ganhou 40,3% sob a liderança de Powell. Esta é a oitava melhor rendibilidade quando comparado com todos os 16 Presidentes da Fed.
A inflação na Alemanha acelerou mais o que esperado em Novembro. Esta foi a taxa mais elevada registada desde Janeiro de 1997 quando as séries harmonizadas da União Europeia começaram. O índice de preços ao consumidor cresceu 5,2% em termos homólogos, superando os 5,0% previstos pelos economistas, após uma subida de 4,5% no mês anterior.  Um dos motivos para esta subida foi a redução temporária do IVA no segundo semestre de 2020, e efeitos relacionados com a crise, tais como constrangimentos na entrega e aumentos acentuados de preços que também se reflectem no índice de preços no consumidor.
Em Novembro, a confiança económica da Zona Euro diminuiu para 117,5 pontos de 118,6 pontos no mês anterior, em linha com o esperado pelos economistas. A confiança do consumidor manteve-se nos -6,8 pontos. Na indústria, o sentimento teve uma leve descida para 14,1 pontos em Novembro, de 14,2 pontos em Outubro, acima dos 14 pontos previstos. Para os serviços, o sentimento subiu para 18,4 pontos de 18,0 pontos, superando os 17 pontos estimados.
Segundo a Dealogic, 49% dos 43 Ofertas Públicas Iniciais (IPOs)  que levantaram mil milhões de dólares ou mais este ano em Londres, Hong Kong, Índia e Nova Iorque estão a negociar abaixo dos preços de mercado. Na lista de IPOs falidos estão alguns nomes conhecidos, como a aplicação de entrega de comida do Reino Unido Deliveroo, o fabricante de alimentos alternativos Oatly e o gigante indiano de pagamentos Paytm. Este fraco desempenho levantou dúvidas sobre as avaliações atribuídas a empresas por grandes investidores.
O preço do Wti Crude Oil valoriza quase 5% hoje, depois da queda de 13,06% na Sexta-feira. Esta foi a nona maior queda intra-diária de sempre. Por um lado, a Organização Mundial de Saúde afirma que ainda existe muita incerteza sobre a eficácia das vacinas contra a variante Omicron. Por outro lado, muitas das primeiras infecções pela variante Omicron reportadas são jovens que tendem a sofrer formas mais moderadas da doença. Devido a estas incerteza todas, a OPEP+ decidiu adiar as reuniões técnicas de Segunda e Terça-feira para Quarta e Quinta-feira. Espera-se que a reunião de decisão ainda tenha lugar na Quinta-feira.
Tendência de Investimento
Biotecnologia
27.10.2021
Hoje Feriados
  • 12
    1
    [jp]00h30: Índice PMI Industrial (Nov)
    [eu]09h00: Índice PMI Industrial (Nov)
    [mundo]10h00: OCDE publica "Outlook" Económico
    [us]13h15: Sondagem de Emprego ADP (Nov)
    [us]14h45: Índice PMI Industrial (Nov)
    [us]15h00: Índice ISM (Nov)
    [us]15h30: Inventários Semanais de Petróleo 
    [us]19h00: Fed publica o "Beige Book"
     
  • 12
    2
    [opep]Reunião da OPEP+
    [jp]05h00: Confiança do Consumidor (Nov)
    [es]08h00: Taxa de Desemprego (Out)
    [eu]10h00: Taxa de Desemprego (Out)
    [eu]10h00: Índice de Preços ao Produtor (Out)
    [us]13h30: Pedidos Semanais de Subsídio de Desemprego 
    [us]Discursos de vários membros da Reserva Federal EUA: Bostic (13h30/16h30), Quarles (16h00),  Daly e Barkin (16h30)
  • 12
    3
    [jp]00h30: Índice PMI (Nov)
    [fr]07h45: Produção Industrial (Out)
    [eu]09h00: Índice PMI (Nov)
    [eu]10h00: Vendas a Retalho (Out)
    [us]13h30: Criação de Emprego Não-Agrícola (Nov)
    [us] 13h30: Taxa de Desemprego (Nov)
    [us]14h45: Índice PMI (Nov)
    [us]14h15: Discurso de Bullard, membro da Fed
    [us]15h00: Encomendas às Fábricas e Bens Duradouros (Out)
     
  •  

  •  

  •  

Invest Outlook   4º Trimestre 2021
30.11.2021 Análise Técnica

Update: DAX


16.11.2021 Invest Monthly

Outubro de 2021


30.11.2021 Análise Técnica

Update: S&P500


Invest AR PPR

  • Hoje

    dez 1, 2021, 01:00 by DCO Elizabeth Fonseca
    Saiba quais os principais indicadores económicos e resultados empresariais agendados para hoje
    Full story
ACESSO INVEST ONLINE
Este site utiliza cookies para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. SABER MAIS Concordo